I Ciclo de Conferências em Artes e Educação: com Mestre Alcides e Mariposa

No dia 20 de setembro (quinta-feira), acontecerá o quarto encontro do “I Ciclo de Conferências em Artes e Educação: a lei 11.645/08 – Perspectivas Indígenas e Afro-brasileiras”, com a participação de Maria José Menezes (Núcleo da Consciência Negra da USP), Allan da Rosa (FE/USP), Érica Mariposa (EMEF Desembargador Amorim Lima) e Mestre Alcides de Lima (CEACA/SP) discutindo o tema “Pedagoginga e as rodas na escola”.

A entrada é franca, com retirada de senha a partir das 18h30. O auditório Lupe Cotrim está localizado no prédio central da ECA/USP (avenida Prof. Lúcio Martins Rodrigues, 443 – Cidade Universitária).

O evento será transmitido ao vivo pelo IPTV-USP. Link para acesso: https://iptv.usp.br/portal/transmission.action?idItem=39233

— com Maria José Menezes.

Anúncios

Lei Griô: esclarecimentos

Em Julho de 2009, a “Chama da Lei Griô” foi lançada em Salvador pela Rede Ação Griô e na Comissão nacional dos Griôs e Mestres durante o encontro Estadual de Pontos de Cultura da Bahia; foi realizada uma caminhada da Chama da Lei Griô em Campinas (na Nina Griô), São Paulo, em Brasília e em diversos cantos do Brasil. A Chama da Lei Griô foi acesa em diversas conferências municipais, territoriais e estaduais do Brasil que elegeram a minuta da Lei Griô como prioridade municipal e estadual. E em março de 2010, em Brasília-DF, a minuta da Lei Griô foi eleita prioridade da Política Nacional  na Conferência Nacional de Cultura que envolveu mais de 2000 pessoas em todo o Brasil.

Assista ao vídeo do Mestre Griô Alcides Tserewaptu, no qual ele explica a diferenças entre Lei Griô, Pedagogia Griô e Ação Griô.